Total de visualizações de página

domingo, 12 de junho de 2011

Amor em Preto e Branco






Nessa louca estrada de sonhos e universos paralelos conheci um beija-flor que me contou uma triste historia de amor, uma historia onde o amor foi posto em segundo plano e as diferenças em primeiro e onde era pra haver compreensão e paixão havia preconceito e indiferença e a cor da pele foi o que decidiu o rumo da historia e não o amor que estava em seus corações.
A linda moça de pele da cor da neve, não entendia como se deixou apaixonar por aquele negrinho e lutou com todas as forças contra aquele sentimento que para ela era pecado, o coração dela pregou uma grande peça e ela passava a amar o que sempre condenou e que sem mesmo conhecer taxava como sujo e inferior. E agora como explicar pra cabeça que tudo que o coração queria era tudo o que a cabeça afastava, ela provou do pecado e já não conseguia viver sem, mais junto com esse “amor” vinha à vergonha de amar e quando a cabeça briga com o coração não há paz.
No meio dessa briga estava lá o rapaz de pele escura que não entendia bem tudo o que estava acontecendo, o porquê não podia amá-la e o que fazia ela se importa tanto com a cor da pele se quando estavam juntos o brilho dos olhos eram do mesmo tom, e qual era a culpa dele por não ter nascido branco, ele já tinha conseguido conquistar o coração da amada e porque ela lutava tanto para se entregar.
O beija-flor que acompanhava tudo de perto viu o sofrimento dos dois, e achou tão fútil aquela briga toda ele sempre achou que quanto mais colorido e diferente fosse à cor da parceira mais linda beija-flores nasceriam e viu que os humanos estavam atrasados demais para merecerem sentir o amor, mais como não podia ir contra a vontade de Deus viu o casal se afastar e ambos morrerem de tristeza.


Texto, tirando de um sonho louco que eu tive, primera vez que durmo e mesmo assim escrevo kkk. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário